O sonho pode mover nossas vidas, Mas só a fé, pode iluminar os nossos caminhos.

( Valquíria Cordeiro )



25 de jun de 2010

Boneca de pano...



Boneca de pano,
feita com amor,
com os mais lindos,
retalhos de flor...

Minha boneca preferida,
tantas vezes achei que
em você tinha vida...

Parecia entender-me
em tudo e na hora de
dormir abraçada a você,
sempre foi mais seguro.

Mesmo depois de adulta,
Revelei a você segredos,
meus sonhos e medos...

Hoje depois de tantos anos,
ao lembrar-me de nós duas,
pareço voltar no tempo
e ser só tua...

Com o tempo seu corpinho,
de pano murchou e o colorido
do tecido desbotou.

Guardei-te numa caixinha
de papelão quadrada...
Com vários furinhos
pra você não ficar sufocada.

*
*

3 comentários:

  1. Adoro seu blog! Um sonho!! Encantador! Parabéns! =)

    ResponderExcluir
  2. Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente

    Clarice Lispector

    Bom Domingo...Saudações poéticas! M@ria

    ResponderExcluir
  3. Amei, a melodia,a poesia .
    O encanto,e a magia.
    beijos.

    ResponderExcluir