O sonho pode mover nossas vidas, Mas só a fé, pode iluminar os nossos caminhos.

( Valquíria Cordeiro )



1 de dez de 2010

Paraíso....



E as cortinas do belo se abriram,
para um jardim florido onde tudo
fora pintado com as cores do amor,
e em cada arranjo posto sobre o
silencioso gramado havia ainda o
orvalho da manhã que docemente
ilustrava a paisagem com a candura
indescritível, da visão mais singela.
E eu desfrutei da companhia dos
pássaros que entoavam uma canção
singular que ecoava nos quatro cantos
ao som de mil vozes e adentrava o
meu coração, percorrendo em minhas
artérias até que chegaram a minha
alma e transbordaram em lágrimas
molhando a minha face, de emoção.
Continuei caminhando e sob as sombras
de vários ipês floridos eu senti os meus
pés molhados e percebi a nascente de
águas cristalinas que nascia de uma
rocha como se fosse a pintura mais lírica
que alguém em sã consciência pudesse tocar,
e, eu estava ali, com os pés dentro daquele
berço de águas frescas e daquela pintura
que perfeitamente delineavam a minha visão
e faziam parte da composição mais sublime
que eu pude ver e ouvir.
.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário