O sonho pode mover nossas vidas, Mas só a fé, pode iluminar os nossos caminhos.

( Valquíria Cordeiro )



12 de mar de 2010

Eu não quero sentir saudades...



Eu vivo correndo da saudade,
mas ela sempre me alcança...
Seu sonho e me pegar e
estabelecer comigo aliança.
Ela quer contaminar meu sangue
e correr em minhas veias...
E não mais me libertar, fazendo
de mim escrava de suas teias.
Porém, vou continuar correndo,
tréguas a saudades eu não darei.
Vou continuar despistando-a
de um jeito que só eu sei.

*
*

4 comentários:

  1. Minha querida Valquíria. Seus poemas como sempre lindos... todos tocam o coração de quem os lê e eu não poderia ser diferente. Amo sua poesia. A Aline foi muito feliz ao publicar sua poesia e com tamanha beleza o blog. Está tudo muito lindo... E você, minha querida amiga, fique com meu carinho e amizade eternos. Um beijo do Jorge Luiz Vargas.

    ResponderExcluir
  2. ah!poeta....vista sempre asas...quando você voa é tão bom de assistir...bjos

    ResponderExcluir
  3. Aline, parabéns pelo belissimo blog e pela bela homenagem que estás fazendo a querida amiga e poetisa Valquiria Cordeiro, dona de uma sensibilidade inigualável.
    Beijos
    Regina Azenha

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga Valquiria, linda a homenagem de tua amiga!
    Ter teu versejar todo reunido, maravilha!
    Parabéns querida amiga e parabéns a tua amiga Aline pelo belíssimo blog.
    Beijos.
    Maria Madalena

    ResponderExcluir